segunda-feira, 26 de maio de 2014

São Pedro - Em 2014 professores terão reajuste salarial de 7%. Demais servidores da Educação terão 15% de abono. Foi o resultado da negociação do SINTEESP com o Governo Municipal

A prefeitura se comprometeu também em reestruturar o PCCS do Magistério


Em audiência de negociação do Termo de Acordo Coletivo de Trabalho – ACT2014, realizada na última sexta-feira, (23/05), o Sindicato dos Trabalhadores em Estabelecimento de Ensino de São Pedro – SINTEESP e o Governo Municipal representado pelo Prefeito Vanderlucio e Secretário Municipal de Educação Ivan Torres, chegaram ao seguinte resultado:

Reajuste I - Será concedido um reajuste de 7% (sete por cento) sobre o salário base de todos os servidores do magistério 60% da Secretaria Municipal de Educação. (A proposta do SINTEESP era de 8%).

Reajuste II - Os demais servidores efetivos, como: vigias, merendeiras, zeladoras e secretárias de unidades escolar, terão um reajuste de 15% de Abono Salarial pago sobre o salário base. (Essa foi a proposta defendida pelo SINTEESP. O reajuste de 2013 foi de 13%).
  
Revisão do PCCS - Outro ponto importante acordado este ano foi o compromisso de fazer a reestruturação do Plano de Cargos, Carreiras e Salários do Magistério. Para isso Governo Municipal se comprometeu em indicar 03(três) representantes da Secretaria Municipal de Educação para juntamente com representantes do SINTEESP analisarem o Plano de Cargos e Carreira do Magistério, e até 30.09.2014 apresentarem e encaminharem à Câmara Municipal de Vereadores uma proposta de Reestruturação do Plano de Cargos e Carreira do Magistério. Essa demanda se justifica vez que o atual PCCS foi criado em 2005 e está defasado, além de ser uma ação prevista no PAR (Plano de Ação Articulada) 2011 à 2014.

Transparência – Para assegurar que eventuais sobras do FUNDEB/60 sejam “rateadas” para os professores, ficou acordado que o Executivo Municipal, se comprometerá em apresentar ao Sindicato semestralmente nos meses de junho e dezembro as folhas de pagamento de todos os servidores da Secretaria de Educação. Se verificadas sobras ao final do ano, a Prefeitura repassará em forma de ABONO ESPECIAL, aos servidores do magistério.

Participação - Estiveram presentes na audiência de negociação convidados pelo sindicato, os vereadores ZÉ LIMA, FRANCIMAR, DIDI, FRANCILDO e GILDEON.

O resultado da negociação foi aprovado pela Assembléia Geral do SINTEESP na manhã de sábado, dia 24 de maio de 2014.

Nenhum comentário:

Postar um comentário