domingo, 30 de outubro de 2011

Corinthians faz homenagem a LULA


O Corinthians homenageou, na tarde deste domingo, antes da partida com o Avaí, o ex-presidente Lula que é Corinthiano. Os jogadores entraram no gramado do Pacaembu carregando a faixa com a frase #forçaLULA. 

Nas arquibancadas, a torcida também exibiu uma bandeira com a imagem do ex-presidente.


Lula foi um importante aliado do Corinthians para que o clube conseguisse emplacar o seu estádio em Itaquera, que está em fase de obras, como palco sede paulista e palco de abertura da Copa do Mundo de 2014.




E o Corinthians fez muito bem, venceu o Avaí de virada por 2 X 1. 
Valeu Corinthians!! Força Lula!!!!

sábado, 29 de outubro de 2011

Vereador Zé Lima participa de comemoração do Dia do Funcionário Público

A Prefeitura Municipal de São Pedro da Água Branca realizou ontem (28) uma grande festa para comemorar o Dia do Funcionário Público. 

A festa teve início com o almoço no Balneário Paraguai e se estendeu até a noite e foi animada com música ao vivo.

Estiveram presentes um grande número de funcionários públicos do município. O Vereador Zé Lima compareceu para homenagear todos os funcionários públicos  e  participou da festa . 

Acompanhado por Secretários do Município, o  prefeito Vanderlucio Simão Ribeiro também esteve presente durante toda a comemoração.

A festa foi muito bem avaliada por todos que participaram.

Nota do Diretório Nacional do PT sobre o estado de saúde do ex-presidente Lula

Voltar
29/10/11 - 12h29
Nota do Diretório Nacional do PT sobre o estado de saúde do ex-presidente Lula

Dirigentes e militantes petistas manifestam apoio e carinho a Lula


Nota do Diretório Nacional do PT sobre o estado de saúde do ex-presidente Lula
O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva esteve na sexta-feira (28)  no hospital Sírio-Libanês para exames, após queixas de dores na garganta.
Segundo nota do hospital divulgada neste sábado (29), os exames diagnosticaram um tumor localizado na laringe.
Por decisão dos médicos, o ex-presidente receberá tratamento quimioterápico de caráter ambulatorial a partir de segunda-feira (31).
Segundo a equipe médica que assiste o ex-presidente, ele se encontra em ótimas condições de saúde e as chances de cura são excelentes.
A direção nacional do PT, assim como todo o conjunto de dirigentes e militantes do Partido, contando com o seu pronto restabelecimento, conclama toda a nação brasileira a enviar uma calorosa mensagem de confiança e de energia positiva ao ex-presidente Lula neste momento de dificuldade.
Ex-presidente Lula, conte com o apoio e o carinho de todos os brasileiros e brasileiras!
Brasília, 29 de outubro de 2010.
Diretório Nacional do PT

Lula é diagnosticado com câncer na laringe e passará por quimioterapia

ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva foi diagnosticado com um tumor na laringe e passará por tratamento de quimioterapia a partir desta segunda-feira. As informações foram divulgadas pelo Hospital Sírio-Libanês, nesse sábado (29).
Lula sentiu rouquidão e dores na garganta durante uma comemoração particular ao longo da semana, o que o levou a consultar um médico. Na última quinta-feira, ele completou 66 anos. 
Segundo as primeiras informações, o tumor está localizado e não apresentaria ramificações. O tratamento será ambulatorial, ou seja, o ex-presidente irá ao hospital fazer quimioterapia e voltará para a sua casa. Segundo os médicos, ele "encontra-se bem".

O câncer de laringe, confirmado pelo hospital, geralmente ocorre mais em homens, especialmente em fumantes e consumidores de bebida alcoólica, características que se enquadram no perfil do ex-presidente.

Lula comandou o país de 2002 até 2010, período no qual o Brasil demonstrou vigoroso crescimento econômico, e conseguiu eleger sua sucessora, a atual presidente Dilma Rousseff. Na presidência, o político ganhou reconhecimento internacional e ganhou amplo destaque na mídia graças a seu histórico. Em 2009, foi lançado um filme sobre a sua vida. 

"Geralmente, esse tipo de câncer é descoberto de maneira oportuna, sem desconfiança prévia. Surge de uma reclamação de rouquidão crônica ou dores nas articulações próximas da laringe. Como o diagnóstico divulgado pelo Sírio-Libanês indica o uso de quimioterapia, fica claro que se trata de um tumor maligno, o que caracteriza o câncer", explicou à Globo News o médico Luiz Fernando Correia. 

Confira abaixo a nota divulgada pelo hospital:
"O Ex-Presidente da República, Sr. Luís Inácio Lula da Silva realizou exames no dia de hoje no Hospital Sírio-Libanês, em São Paulo, tendo sido diagnosticado um tumor localizado de laringe.
Após avaliação multidisciplinar, foi definido tratamento inicial com quimioterapia, que será iniciado nos próximos dias. O paciente encontra-se bem e deverá realizar o tratamento em caráter ambulatorial.
A equipe médica que assiste o Ex-Presidente é coordenada pelos Profs. Drs. Roberto Kalil Filho, Paulo Hoff, Artur Katz, Luiz Paulo Kowalski, Gilberto Castro e Rubens V. de Brito Neto.”

sexta-feira, 28 de outubro de 2011

Governador em exercício assina mensagem de reajuste salarial dos professores

O governador Washington Luiz, ao lado do secretário Bringel, assina a mensagem

O governador em exercício, Washington Luiz Oliveira, recebeu, na tarde desta sexta-feira (28), no Palácio dos Leões, representantes do Sindicato dos Trabalhadores em Educação Básica das Redes Públicas Estaduais e Municipais do Estado do Maranhão (Sinproesemma).

Na ocasião, ele assinou e entregou ao presidente da Assembleia Legislativa do Maranhão, deputado Arnaldo Melo, a mensagem à emenda ao projeto de Lei 248, que trata da recomposição salarial da categoria, aplicação do piso nacional e retorno das alíneas correspondentes às referências do Grupo Magistério.

Da reunião participaram os secretários de Estado de Educação, José Bernardo Bringel, de Planejamento, Orçamento e Gestão, Fábio Gondim, os deputados estaduais Jota Pinto e Roberto Costa, e o presidente do Sinproesemma, Júlio Pinheiro.

O Projeto de Lei, em seu artigo 7, trata dos percentuais da Gratificação de Atividade do Magistério (GAM), que passa a vigorar com a seguinte redação: "75% de GAM aos professores de nível médio e 104% aos professores e especialistas portadores de nível superior e professores das classes I e II que trabalham com alunos com necessidades educacionais especiais".

"Estamos muito felizes pelos nossos professores e isto significa o aperfeiçoamento do serviço público, para que possamos ter políticas públicas voltadas para os interesses da população", disse o governador em exercício.

O documento também altera o artigo 13 do PL, que trata da aplicação do piso salarial da categoria e assegura o pagamento dos profissionais quando a remuneração estiver abaixo do valor do piso.

Durante a reunião, foi ratificada, também, a questão do Estatuto do Educador, que vem sendo discutido desde o ano passado e que deverá ser aprovado, ainda, este ano pela Assembleia Legislativa.

O Governo do Estado já anunciou reajuste de 20%, sendo 12% aplicados em outubro e o restante escalonado nos meses de março e setembro de 2012.

O secretário José Bernardo Bringel disse que há um esforço conjunto do governo para que o sistema educacional no Maranhão seja ainda mais satisfatório no ano que vem. "Estamos falando aqui de 40 mil professores e, consequentemente, de 40 mil famílias. Este é um passo muito importante e queremos avançar cada vez mais", destacou Bringel. Arnaldo Melo complementou: "Não há estado forte sem uma educação forte. Não mediremos esforços para que esta matéria tramite o mais rápido possível na Assembleia Legislativa".



Fonte: Secom

Governador em exercício recebe visita do embaixador do Quênia

O governador em exercício, Washington Oliveira, recebeu, na manhã desta sexta-feira (28), o embaixador do Quênia no Brasil, Peter Kabeira Kirimi, que estava acompanhado da embaixatriz, Serah Nabuta Macharia, e de diplomatas. Na pauta da reunião, o intercâmbio cultural e acadêmico e a instalação em São Luís da Casa da Amizade Brasil/Quênia/Maranhão, que será uma referência da cultura Brasil e África. O Maranhão é o 2º estado brasileiro com maior população negra.

O encontro aconteceu no Palácio dos Leões e contou com a presença da secretária de Estado de Igualdade Racial, Claudett Ribeiro; da representante da Fundação Palmares Maranhão/Piauí, Ana Amélia Campos Mafra; da vereadora Rose Sales; entre outros representantes do movimento negro, entre eles o presidente do Grupo Agro Malungos (Gdam), Claudio Adão da Silva.

Washington Oliveira disse ser uma satisfação receber o embaixador porque o Maranhão e a África têm identidade, a maioria da população maranhense é afro-descendente. "Há por parte da embaixada do Quênia muitas idéias sobre essa aproximação entre o Maranhão e o Quênia. Uma delas é a interlocução cultural e acadêmica e nós estimulamos tudo àquilo que for bom para o desenvolvimento do nosso estado e para essa permanente luta que todos nós temos pela igualdade racial", destacou o governador em exercício.

O embaixador queniano disse que a visita teve o objetivo de conhecer mais sobre a cultura local, conhecer e entender as pessoas do estado e continuar a desenvolver a amizade entre o Quênia e o Brasil, em especial o Maranhão que tem um grande número de população negra.

"Nós esperamos que nossa amizade entre o Quênia e o Maranhão, e como extensão todo o Brasil, possa continuar a crescer e possamos ter um programa de troca de cultura vibrante", destacou. Em relação à Casa da Amizade, Peter Kirimi, explicou que ela será um espaço onde o Quênia vai contribuir dando artefatos e outros materiais que possam ajudar a explicar as similaridade e as relações de cultura entre os dois países.

A secretária Claudett Ribeiro classificou a visita do embaixador ao Maranhão, como histórica. "É um momento que nós nos aproximamos da África cada vez mais de uma forma proativa, positiva, para dar continuidade a uma história que foi partida há séculos", lembrou. "Eu enquanto negro que sou, professora de história e secretária de estado nesta área, creio que esse é um momento muito bom para o Governo do Estado do Maranhão e para o povo negro porque significa resgatar, recriar, conviver de uma forma positiva", completou.

Ana Amélia Mafra destacou que o Maranhão é um estado eminentemente negro e que é preciso toda uma política de governo, nacional que garanta a qualidade de vida e de direito às comunidades quilombolas, negras, indígenas e demais grupos que são contemplados na política de igualdade racial. "Através das pesquisas de campo, dos estudos antropológicos e das definições das comunidades o Maranhão iniciou essa discussão. O Maranhão socializou, experimentou e divulgou e hoje todo o Brasil tem essa experiência no trabalho do quilombo no Estado do Maranhão", disse.

Avanços

O Maranhão tem buscado avançar cada vez mais nesta questão e o governo tem desenvolvido um trabalho conjunto com as secretarias e órgãos afins visando fortalecer esse trabalho para que as políticas possam estar chegando e atendendo todas as comunidades quilombolas e de terreiro. A vereadora Rose Sales disse que a visita do embaixador ao Maranhão é um momento de fortalecimento em prol do povo negro.

"A agenda do embaixador incluiu, ainda, visita a Câmara Municipal, roda de diálogo com movimentos sociais, visita a bairros de São Luís e organismos governamentais, tudo com um foco, um objetivo: o apoio e a instituição de uma casa de amizade que no dialeto do Quênia vai se chamar Nyumba ya Urafiki", contou Rose Sales. "O espaço será um centro de referência da política da igualdade racial em São Luís, algo que historicamente os negros têm lutado para que se concretize", acrescentou.

Após a reunião com o governador em exercício o embaixador e sua comitiva fizeram uma visita ao Palácio dos Leões, onde receberam informações sobre a fundação da cidade e seu acervo arquitetônico e cultural.

Fonte: secom

Roseana transmite governo para o vice Washington Luiz Oliveira

Em uma cerimônia simples, no Gabinete do Palácio dos Leões, a governadora Roseana Sarney transmitiu, nesta quinta-feira (27), o cargo ao vice-governador Washington Luiz Oliveira, que ficará à frente do Poder Executivo do Maranhão durante 10 dias, período em que a chefe do Executivo tratará de assuntos pessoais.

“Vou descansar um pouco, viajar, para recuperar minhas forças, porque em 2012 teremos um ano intenso com o aniversário dos 400 anos de São Luís, e voltar a trabalhar como sempre faço. Vou tranquila, pois o Washington tem muita experiência e tem toda nossa confiança”, afirmou Roseana Sarney, após a transmissão do cargo.

Presenciaram a transmissão de cargo os secretários Luís Fernando Silva (Casa Civil), João Alberto de Souza (Programas Especiais), Hildo Rocha (Assuntos Políticos) e Sérgio Macedo (Comunicação Social).

O governador em exercício, Washington Oliveira, disse que dará prosseguimento às ações já determinadas pela governadora Roseana. “Fazemos um governo compartilhado, sempre a representando em atividades e em cerimônias. Temos, portanto, bastante afinidade”, destacou.

Ele ressaltou que o Partido dos Trabalhadores (PT), em mais de 30 anos de história no estado, chega oficialmente pela primeira vez ao comando do Poder Executivo. “É um momento histórico”, ressaltou.

Na análise do secretário de Assuntos Políticos, Hildo Rocha, a transmissão do cargo sinaliza o bom entrosamento entre a governadora Roseana Sarney e o vice Washington Oliveira, além de confiança mútua que há entre as duas lideranças políticas no Maranhão.

“O PT é comprometido com os mesmos objetivos e com os ideais do governo. O que demonstra que não existem divisões. O que há é uma união forte e sólida entre o PMDB e o PT. E torcemos para que esta união perdure por muito tempo”, declarou Hildo Rocha.

Fonte: Secom

quinta-feira, 27 de outubro de 2011

Secretário Municipal de Educação participa de Seminário Educação para o Século 21, em São Paulo

O Secretário Municipal de Educação de São Pedro da Água Branca, IVAN DO NASCIMENTO TORRES participou do SEMINÁRIO EDUCAÇÃO PARA O SÉCULO 21,  realizado no início desta semana em São Paulo.


Do Site educar para crescer



Em seminário realizado nesta terça-feira, 25 de outubro, em São Paulo, educadores, acadêmicos, prefeitos e secretários de Educação debateram como deve ser a Educação no século 21. O evento foi realizado pelo Instituto Ayrton Senna, em cooperação com a Unesco e com a Secretaria de Assuntos Estratégicos da Presidência da República.

O Seminário Educação para o Século 21 contou 330 participantes de 13 Estados. Os palestrantes concordaram que o ensino deve ser baseado no equilíbrio entre as competências cognitivas e as não cognitivas. Para todos eles, o desenvolvimento das competências não cognitivas deve integrar o currículo do Ensino Fundamental para todos os alunos a partir de oito anos de idade. Dessa forma, essas crianças terão melhores condições de desenvolver as cognitivas e estarão mais bem preparadas para enfrentar os desafios do século 21, como violência, sustentabilidade ambiental e diversidades.

O prêmio Nobel de Economia, James Heckman, professor do Instituto Henry Schultz da Universidade de Chicago, nos Estados Unidos, comentou a relação dessas competências com a formação de personalidade das crianças. “Não podemos ignorar as competências não cognitivas ou teremos graves problemas sociais”, alertou o especialista. Segundo ele, essas questões têm relação direta com o sucesso das pessoas em diversos setores. E que tudo isso depende muito do envolvimento entre famílias e escolas. “A interação desses agentes é imprescindível para o desenvolvimento do ambiente social”, afirmou Heckman.

Eduardo Gianetti da Fonseca, professor de Neurociência da Universidade Duke (EUA), chamou a atenção para o atraso na conclusão de temas fundamentais. “Em pleno século 21, ainda não resolvemos agendas do século 19, como saneamento básico.” O presidente executivo do Grupo Abril, Fábio Barbosa, compartilha da opinião de Gianetti e acrescentou que evidenciar determinados valores depende apenas da disposição das pessoas. E a Educação é um dos principais fatores desta mudança.
Viviane Senna, presidente do Instituto Ayrton Senna, encerrou o seminário ressaltando a importância do encontro. “Importante resultado deste encontro é que certamente estamos saindo daqui diferentes de como chegamos, e cientes de que temos de fazer nossa lição de casa”, disse ela.

Por: Blog do Zé Lima
Com Informações do Site educar para crescer

segunda-feira, 24 de outubro de 2011

Médicos do SUS devem suspender atendimento no Maranhão

Os médicos que atuam no Sistema Único de Saúde (SUS) no Maranhão devem paralisar o atendimento à população nesta terça-feira (25) para reivindicar melhores condições de trabalho e maior remuneração.

A ação terá duração de 24 horas, de acordo com a Federação Nacional dos Médicos (Fenam).

A paralisação deverá ocorrer em outros onze Estados - Bahia, Goiás, Mato Grosso, Minas Gerais, Paraíba, Pernambuco, Piauí, Rondônia, Espírito Santo, Rio Grande do Norte e Sergipe.

Em outros quatro Estados (Santa Catarina, Paraná, Rio de Janeiro e São Paulo), a categoria pretende fazer manifestações públicas, com possibilidades de paralisação do atendimento também. Nos outros dez Estados e o Distrito Federal não houve confirmação de participação dos médicos na manifestação.

A Comissão Pró-SUS, composta por representantes da Fenam, do Conselho Federal de Medicina (CFM) e da Associação Médica Brasileira (AMB), quer chamar a atenção para os problemas que afetam o setor e que comprometem a qualidade do atendimento à população.

Em nota, a Fenam informou que, nos estados em que houver paralisação, o atendimento médico deixará de ser feito de acordo com os seguintes critérios: serão suspensos os atendimentos eletivos (consultas, exames, cirurgias e outros procedimentos). A categoria, no entanto, informou que ficará assegurado o trabalho nas unidades de urgência e de emergência.

sábado, 22 de outubro de 2011

TV francesa prepara documentário sobre quebradeiras de coco

A realidade das quebradeiras de coco será retratada em documentário por um equipe francesa de TV. A produção será exibida em um tradicional programa francês do canal 3. As filmagens começaram nesta sexta-feira (21) e seguirão por todo o dia de sábado. De acordo com a presidente do Movimento Interestadual das Quebradeiras de Coco Babaçu, Antonia Querubina da Silva, a proposta da produção é ressaltar a luta diária das quebradeiras de coco da comunidade Vila Conceição.


Fonte: O Progresso

quinta-feira, 20 de outubro de 2011

STF revoga lei e reabre chance à fraude

Do Blog do Brizola Neto


É inacreditável.
O Supremo Tribunal Federal, instado pela Madame Sandra Cureau, revogou, liminarmente, a lei que terminou a impressão e a auditoria do voto eletrônico, aprovada pelo Congresso.
O motivo é pífio.
A alegação de que a “assinatura” eletrônica que autenticaria a correspondência do voto contabilizado eletronicamente e o voto impresso violaria o sigilo do voto.
Ora, é óbvio que a assinatura eletrônica apenas validaria a correspondência entre o registro eletrônico e o impresso correspondente, sem, obviamente, vinculá-la ao emissor do voto.
O voto impresso associado ao eletrônico é adotado na maioria dos países desenvolvidos, sem que haja qualquer tipo deste óbvio tipo de vioolação do sigilo.
Mas, para os nossos magistrados, garantia mesmo é a do sistema eletrônico, do qual eles não entendem bulhufas.
Alegam que, “no caso de eventual recontagem” o sigilo do voto ficaria exposto.
Evidente que não ficaria, porque não há registro de correspondência entre o eleitor e o voto, mas entre o registro eletrõnico do voto e sua impressão.
Com o sistema atual, claro que não há perigo de identificação do voto na recontagem, simplesmente porque não há recontagem, porque não há o que contar.
O seu voto é só um pulso eletromagnético.
A ministra Carmem Lúcia – que também atua no Tribunal Superior Eleitoral e, portanto, está julgando a si mesma – ressaltou a “invulnerabilidade” já testada e comprovada das urnas eletrônicas. Testada pelo dono das urnas, claro, como aquele personagem que dizia “la garantia soy yo”. E disse que ia ficar muito caro adotar o voto impresso”.
O Judiciário brasileiro não tem o direito de sobrepor-se à decisão do Legislativo que não ofende preceito constitucional, e a impressão do voto – interna à maquina de votação – não viola o sigilo do voto.
Vamos recorrer e lutar contra este absurdo. Há uma inacreditável tendência do Judiciário brasileiro de não permitir ser controlado e auditado.
É incrível que a própria Ministra Carmem Lúcia, que afirmou haverem “bandidos de toga”, não acredite que nem entre juízes, mas entre programadores, não possam haver desvios e fraudes que, sem o voto impresso, podem campear soltas e nem sequer deixar vestígios.
Eles devem acreditar muito nos seus assessores de informática. Tanto, que deviam mandá-los para os EUA, onde o próprio Pentágono admitiu ter sido invadido eletronicamente e ter tido 24 mil documentos roubados.
É que lá eles não tem os “experts” da assessoria de informática do TSE que, como se sabe, “garantem” que não há violação possível em nossas urnas.
Que vergonha!

Seduc realiza Fórum Estadual de Educação


“A instalação do Fórum Estadual de Educação (FEE) significa a abertura de um espaço inédito de interlocução entre estado e sociedade civil organizada. É um marco para a educação no Maranhão, no sentido de discutir, formular e monitorar a política educacional do estado”, disse o vice-governador, Washington Luiz, durante a instalação do FEE. Este evento, durante meses, foi pensado, discutido e trabalhado pela Secretaria de Estado de Educação (Seduc), em parceria com órgãos governamentais e não governamentais, entidades e os movimentos sociais. O Fórum aconteceu, nesta terça-feira (18), no Palácio Henrique de La Rocque, e abordou a temática “O Fórum Nacional de Educação na Implementação do Plano Nacional de Educação”.

A abertura do evento teve a participação do vice-governador, Washington Luiz; do secretário de Educação, João Bernardo Bringel; do coordenador local do FEE, Fernando Silva; do diretor de Programas da Secretaria-Adjunta do Ministério da Educação (MEC), Arlindo Queiroz, que também representou o Fórum Nacional de Educação (FNE); do reitor do IFMA, José Costa; e demais autoridades na área da educação no Maranhão.

O FEE se consolidou como uma instância de diálogo e articulação horizontal entre organismos da sociedade civil em prol de uma educação com qualidade social, que tem como finalidade acompanhar o desenvolvimento da educação a partir do PNE.

Para Fernando Silva, o FEE terá um grande desafio no Maranhão. Segundo ele, “é necessário que venhamos a modificar os nossos índices educacionais e, esse espaço que estamos discutindo hoje, irá instalar um plano de educação para o nosso estado. Esse Fórum vai congregar e discutir propostas efetivas que venham a ser executadas na educação do Maranhão para os próximos 10 anos.

Inclusão

Muitas ações estão sendo planejadas e trabalhadas pelo Governo do Estado no intuito de melhorar a educação no Maranhão. Nesse contexto, estão sendo realizadas formações continuadas de diversos profissionais de educação, além da parceria entre a Seduc, MEC/Pnud, que tem como finalidade, apresentar um diagnóstico sobre a real situação educacional do estado, propondo, ao final, caminhos a serem percorridos, a partir de ações exitosas em outros estados da federação, os quais passaram pelos mesmos problemas que o Maranhão.

De acordo com o secretário de Educação, João Bernardo Bringel, a instalação desse Fórum traz ganhos significativos para todos os agentes participantes da educação no Maranhão. Segundo o secretário, é importante pensar no modelo de educação inclusivo, aquele que proporciona aos jovens um ambiente de aprendizado, mas que trabalha a formação do aluno na sua concepção de cidadão consciente dos seus direitos e deveres.

“Esse Fórum está discutindo as diretrizes para melhorar a educação para os nossos alunos. Temos que trabalhar mecanismos que possam garantir aos nossos jovens uma educação inclusiva e de qualidade, para que venhamos a possibilitar a construção de cidadãos mais conscientes através de um sistema educacional mais sólido e coeso”, comentou.

Para o vice-governador Washington Luiz, esse momento de realização do FEE culmina com o processo de desenvolvimento que o Maranhão vem passando. Segundo ele, é de grande importância essa discussão, justamente quando “grandes empreendimentos estão chegando ao nosso estado e ações como essas, que estamos presenciando hoje, reforçam o compromisso do governo em ofertar uma educação de qualidade, capacitando nossa gente para ocupar os novos postos de trabalho que estão se instalando aqui”, ressaltou.

Educação Profissional e Tecnológica

No que tange a participação de vários atores educacionais na formatação e discussão do FEE, o reitor do Instituto Federal do Maranhão (Ifma), José Costa, argumentou ser de grande valia para a educação do Maranhão a discussão de diretrizes para o melhoramento do sistema educacional como um todo, observando as discussões desse modelo a partir do Plano Nacional de Educação (PNE). Segundo José Costa, esse momento traz conceitos significativos para a política que vem sendo empregada na educação profissional e tecnológica do Maranhão.

“Nós que fazemos a educação profissional do Maranhão, nos sentimos incluindo nas grandes discussões do governo federal. O Ifma hoje é, também, uma instituição de nível superior que contribuir com a formação de novos professores para o Estado do Maranhão. O Ifma se coloca como um parceiro neste fórum participando de todas as discussões que venham formatar o melhor modelo para construção do plano nacional e estadual de educação,” salientou.

Fórum

O Fórum Nacional de Educação (FNE) é reivindicação histórica da comunidade educacional, e tem como responsabilidade a interlocução entre a sociedade civil e o estado brasileiro. O Fórum Nacional é fruto da deliberação da Conferência Nacional de Educação (Conae 2010), e tem por finalidade coordenar as conferências nacionais de educação, acompanhar e avaliar a implementação de suas deliberações, além de promover as articulações necessárias entre os fóruns de educação dos municípios, estados e Distrito Federal.

Para o representante do FNE, Arlindo Queiroz, essas discussões devem ser permanentes, por conta desse entendimento, estão sendo instalados os Fóruns Estaduais de Educação. Ainda de acordo com ele, desde o governo do ex-presidente Lula, se começou a pensar em modelos de políticas educacionais integradas, ou seja, a construção de um grande campo de discussões em torno de questões que envolvessem caminhos a serem percorridos no sentido de melhorar a educação pública no Brasil.

quarta-feira, 19 de outubro de 2011

Prefeitura faz pagamento de todos os funcionários

Segundo informações da administração a prefeitura estará realizando hoje (19/10) pagamento de todos os servidores do município de São Pedro da Água Branca.

Tanto contratados quanto concursados estarão recebendo seus vencimentos.

O atraso no pagamento é um dos principais problemas que o município vem sofrendo ultimamente. Já passam de 3 meses de atraso no pagamento de salários para os servidores contratados.


Mas agora, depois de resolvida  a questão que judicial, a administração pretende colocar em dia  a folha de pagamento de todos os funcionários da prefeitura.

Agora quem chamou o 'Bolsa Família' de 'Bolsa Esmola' terá de se explicar

O "Bolsa Esmola", como chamado pelos críticos mais egocêntricos e pouco compromissados com a realidade do Brasil, cumpre todas as metas. A desistência do benefício por iniciativa própria chega a 40%.
Ilda Silva: 'Meu filho começou a trabalhar e meu marido
voltou para casa. Quando vieram renovar o cartão, decidi entregar'
Desde a criação do Bolsa Família, no fim de 2003, até setembro deste ano, 5,856 milhões de famílias deixaram de receber  as transferências de renda do governo federal. Os motivos para a saída do programa são os mais variados, mas cerca de 40% dos ex-beneficiários fazem parte de núcleos familiares que aumentaram sua renda per capita e não se enquadram mais na atual faixa de pagamento do benefício, destinado a grupos com renda mensal de até R$ 70 por pessoaou rendimento individual mensal na faixa que vai de R$ 70 a R$ 140.

Outras dezenas de razões justificam o cancelamento da transferência no período, como por exemplo o não cumprimento de condicionalidades na área de educação e saúde (117 mil famílias), revisão cadastral não concluída (613,1 mil famílias) e até mesmo decisão judicial (20 mil famílias).

Nas contas do Ministério do Desenvolvimento Social (MDS), o estoque de famílias que tiveram as transferências canceladas por aumento de renda per capita é de 2,227 milhões nos últimos oito anos. Esse universo é composto principalmente por pessoas dentro do grupo que foram beneficiadas pela atual política de valorização do salário mínimo. Ao conseguir um trabalho formal elas podem ser identificadas pelos gestores municipais ou a partir da base de dados da Relação Anual de Informações Sociais (Rais), do Ministério do Trabalho. Além disso, também se destacam pequenos empreendedores que montaram negócios e quem foi alcançado pela aposentadoria rural ou pelo Benefício de Prestação Continuada da Assistência Social (BPC), que pagam um salário mínimo para ex-trabalhadores rurais, idosos e deficientes.

Tiago Falcão, secretário nacional de renda de cidadania do MDS, explica que as saídas não podem ser atribuídas somente aos benefícios pagos pelo Bolsa Família, que hoje variam de R$ 32 a R$ 306, dependendo do número de filhos, mas sustenta que o programa contribui para aumentar a renda. “Além disso, o Bolsa e outros programas de transferência de renda [previdência rural e BPC] chegaram definitivamente aos mais pobres, permitindo principalmente o aumento da renda do trabalho de forma combinada. Por isso tivemos efeitos interessantes na saída da pobreza”, comenta Falcão.


Ele ressalta que os dados de saída do Bolsa Família precisam ser vistos com cautela por se tratarem de um estoque. “Há sempre famílias entrando e saindo. E quem saiu pode ter retornado. E mesmo aqueles que alcançam o mercado formal de trabalho permanecem muito pouco tempo nessa situação, e para os grupos mais vulneráveis a rotatividade no emprego é ainda maior”, acrescenta Falcão.

A especialista no estudo da pobreza Lena Lavinas, professora do Instituto de Economia da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ), lembra que os cancelamentos do Bolsa Família justificados pelo aumento da renda per capita dos beneficiários não tiveram impacto global na folha de pagamento e no número de famílias assistidas, que há três anos varia entre 12,3 milhões e 12,8 milhões.

“Dados do Censo indicaram que o país tem mais de 16 milhões abaixo da linha de indigência [renda per capita mensal de R$ 1 a R$ 70], o que revela que a cobertura do Bolsa Família está aquém da demanda. Esse grupo está sempre entrando e provavelmente quem saiu não deveria ter saído por causa do alto grau de vulnerabilidade. O importante é que o governo federal reconheceu que o número de indigentes é maior do que se pensava e nem todos recebem o benefício”, diz Lena.

Para gestores municipais do Bolsa Família, o programa precisa ter políticas complementares mais eficientes em larga escala para garantir melhorias na qualidade de vida dos beneficiários e uma eventual inserção produtiva, como política de emprego, cursos de qualificação, ações de transferência de renda complementar. “Essas ações estão integradas entre União, Estados e municípios, mas essa integração aqui em São Paulo, onde temos uma grande estrutura e capacidade de gestão, é completamente diferente da de uma cidade do interior do Nordeste. Além disso, elas precisam ter um acompanhamento mais próximo, que é o que deve ocorrer com o Brasil sem Miséria”, opina Luis Fernando Francisquini, coordenador de gestão e benefícios da Secretaria Municipal de Assistência Social de São Paulo.

Por Luciano Máximo, Valor Econômico
Fonte: http://www.pragmatismopolitico.com.br