terça-feira, 22 de novembro de 2011

Governo eleva valor do novo salário mínimo para R$ 622,73 a partir de janeiro de 2012

O governo elevou de R$ 619,21 para R$ 622,73 o valor do salário mínimo que deve entrar em vigor a partir de 1º de janeiro de 2012.

O novo número consta no ofício que o Ministério do Planejamento enviou ao Congresso nesta segunda-feira (21) com a atualização dos parâmetros econômicos utilizados na elaboração da proposta orçamentária do próximo ano (PLN 28/11).
A diferença de R$ 3,52 deve-se à revisão do Índice Nacional de Preços ao Consumidor (INPC) deste ano, que reajusta o mínimo.
A proposta orçamentária foi elaborada com uma previsão de INPC de 5,7%. O número, somado à taxa de crescimento do Produto Interno Bruto (PIB) em 2010, que foi de 7,5%, projetou um mínimo de R$ 619,21 no projeto original, equivalente a um aumento nominal de 13,6%. A atualização elevou a inflação para 6,65%. Com a mudança, o aumento nominal sobe para 14,26% frente ao valor atual, que é de R$ 545.
A projeção de aumento do INPC impacta os benefícios assistenciais e previdenciários com valores iguais ou superiores ao mínimo. Para os benefícios da Previdência, a previsão de reajuste subiu de 5,7% para 6,3%, portanto, abaixo do INPC de 2011. No geral, o governo estima que os gastos com o Regime Geral da Previdência Social (RGPS) no próximo ano terão elevação de R$ 313,9 bilhões, número que consta no projeto original, para R$ 320,4 bilhões.

Nenhum comentário:

Postar um comentário