quinta-feira, 27 de outubro de 2011

Secretário Municipal de Educação participa de Seminário Educação para o Século 21, em São Paulo

O Secretário Municipal de Educação de São Pedro da Água Branca, IVAN DO NASCIMENTO TORRES participou do SEMINÁRIO EDUCAÇÃO PARA O SÉCULO 21,  realizado no início desta semana em São Paulo.


Do Site educar para crescer



Em seminário realizado nesta terça-feira, 25 de outubro, em São Paulo, educadores, acadêmicos, prefeitos e secretários de Educação debateram como deve ser a Educação no século 21. O evento foi realizado pelo Instituto Ayrton Senna, em cooperação com a Unesco e com a Secretaria de Assuntos Estratégicos da Presidência da República.

O Seminário Educação para o Século 21 contou 330 participantes de 13 Estados. Os palestrantes concordaram que o ensino deve ser baseado no equilíbrio entre as competências cognitivas e as não cognitivas. Para todos eles, o desenvolvimento das competências não cognitivas deve integrar o currículo do Ensino Fundamental para todos os alunos a partir de oito anos de idade. Dessa forma, essas crianças terão melhores condições de desenvolver as cognitivas e estarão mais bem preparadas para enfrentar os desafios do século 21, como violência, sustentabilidade ambiental e diversidades.

O prêmio Nobel de Economia, James Heckman, professor do Instituto Henry Schultz da Universidade de Chicago, nos Estados Unidos, comentou a relação dessas competências com a formação de personalidade das crianças. “Não podemos ignorar as competências não cognitivas ou teremos graves problemas sociais”, alertou o especialista. Segundo ele, essas questões têm relação direta com o sucesso das pessoas em diversos setores. E que tudo isso depende muito do envolvimento entre famílias e escolas. “A interação desses agentes é imprescindível para o desenvolvimento do ambiente social”, afirmou Heckman.

Eduardo Gianetti da Fonseca, professor de Neurociência da Universidade Duke (EUA), chamou a atenção para o atraso na conclusão de temas fundamentais. “Em pleno século 21, ainda não resolvemos agendas do século 19, como saneamento básico.” O presidente executivo do Grupo Abril, Fábio Barbosa, compartilha da opinião de Gianetti e acrescentou que evidenciar determinados valores depende apenas da disposição das pessoas. E a Educação é um dos principais fatores desta mudança.
Viviane Senna, presidente do Instituto Ayrton Senna, encerrou o seminário ressaltando a importância do encontro. “Importante resultado deste encontro é que certamente estamos saindo daqui diferentes de como chegamos, e cientes de que temos de fazer nossa lição de casa”, disse ela.

Por: Blog do Zé Lima
Com Informações do Site educar para crescer

3 comentários:

  1. Espero que por lá ele não tenha se especializado ainda mais em desvios de recursos da educação.

    ResponderExcluir
  2. SERÁ QUE ELE APRENDEU POR LÁ COMO FAZER PRA NÃO CONTINUAR SENDO UM SIMPLES PAU MANDADO DO LADRÃO DO SAMUEL?

    ResponderExcluir
  3. Será se esses comentaristas falam assim é com inveja do Secretário?

    ResponderExcluir