sexta-feira, 28 de outubro de 2011

Governador em exercício recebe visita do embaixador do Quênia

O governador em exercício, Washington Oliveira, recebeu, na manhã desta sexta-feira (28), o embaixador do Quênia no Brasil, Peter Kabeira Kirimi, que estava acompanhado da embaixatriz, Serah Nabuta Macharia, e de diplomatas. Na pauta da reunião, o intercâmbio cultural e acadêmico e a instalação em São Luís da Casa da Amizade Brasil/Quênia/Maranhão, que será uma referência da cultura Brasil e África. O Maranhão é o 2º estado brasileiro com maior população negra.

O encontro aconteceu no Palácio dos Leões e contou com a presença da secretária de Estado de Igualdade Racial, Claudett Ribeiro; da representante da Fundação Palmares Maranhão/Piauí, Ana Amélia Campos Mafra; da vereadora Rose Sales; entre outros representantes do movimento negro, entre eles o presidente do Grupo Agro Malungos (Gdam), Claudio Adão da Silva.

Washington Oliveira disse ser uma satisfação receber o embaixador porque o Maranhão e a África têm identidade, a maioria da população maranhense é afro-descendente. "Há por parte da embaixada do Quênia muitas idéias sobre essa aproximação entre o Maranhão e o Quênia. Uma delas é a interlocução cultural e acadêmica e nós estimulamos tudo àquilo que for bom para o desenvolvimento do nosso estado e para essa permanente luta que todos nós temos pela igualdade racial", destacou o governador em exercício.

O embaixador queniano disse que a visita teve o objetivo de conhecer mais sobre a cultura local, conhecer e entender as pessoas do estado e continuar a desenvolver a amizade entre o Quênia e o Brasil, em especial o Maranhão que tem um grande número de população negra.

"Nós esperamos que nossa amizade entre o Quênia e o Maranhão, e como extensão todo o Brasil, possa continuar a crescer e possamos ter um programa de troca de cultura vibrante", destacou. Em relação à Casa da Amizade, Peter Kirimi, explicou que ela será um espaço onde o Quênia vai contribuir dando artefatos e outros materiais que possam ajudar a explicar as similaridade e as relações de cultura entre os dois países.

A secretária Claudett Ribeiro classificou a visita do embaixador ao Maranhão, como histórica. "É um momento que nós nos aproximamos da África cada vez mais de uma forma proativa, positiva, para dar continuidade a uma história que foi partida há séculos", lembrou. "Eu enquanto negro que sou, professora de história e secretária de estado nesta área, creio que esse é um momento muito bom para o Governo do Estado do Maranhão e para o povo negro porque significa resgatar, recriar, conviver de uma forma positiva", completou.

Ana Amélia Mafra destacou que o Maranhão é um estado eminentemente negro e que é preciso toda uma política de governo, nacional que garanta a qualidade de vida e de direito às comunidades quilombolas, negras, indígenas e demais grupos que são contemplados na política de igualdade racial. "Através das pesquisas de campo, dos estudos antropológicos e das definições das comunidades o Maranhão iniciou essa discussão. O Maranhão socializou, experimentou e divulgou e hoje todo o Brasil tem essa experiência no trabalho do quilombo no Estado do Maranhão", disse.

Avanços

O Maranhão tem buscado avançar cada vez mais nesta questão e o governo tem desenvolvido um trabalho conjunto com as secretarias e órgãos afins visando fortalecer esse trabalho para que as políticas possam estar chegando e atendendo todas as comunidades quilombolas e de terreiro. A vereadora Rose Sales disse que a visita do embaixador ao Maranhão é um momento de fortalecimento em prol do povo negro.

"A agenda do embaixador incluiu, ainda, visita a Câmara Municipal, roda de diálogo com movimentos sociais, visita a bairros de São Luís e organismos governamentais, tudo com um foco, um objetivo: o apoio e a instituição de uma casa de amizade que no dialeto do Quênia vai se chamar Nyumba ya Urafiki", contou Rose Sales. "O espaço será um centro de referência da política da igualdade racial em São Luís, algo que historicamente os negros têm lutado para que se concretize", acrescentou.

Após a reunião com o governador em exercício o embaixador e sua comitiva fizeram uma visita ao Palácio dos Leões, onde receberam informações sobre a fundação da cidade e seu acervo arquitetônico e cultural.

Fonte: secom

Nenhum comentário:

Postar um comentário