segunda-feira, 4 de abril de 2011

Morre Jackson Lago, ex-governador do Maranhão

Ex-governador Jackson ladeado por Marcos Cruz e Vereador Zé Lima
no Encontro dos Povos da Pré-Amazõnia em novembro de 2008

É com profundo pesar que recebemos a notícia do falecimento do nosso ex-governador Jackson Lago, ocorrido na tarde de hoje, em São Paulo, onde estava lutando contra o câncer. Jackson Lago destacou-se, pela dedicação e competência, como homem público e também como médico e professor de medicina. Começou sua carreira política na década de 60, participando ativamente do movimento de resistência à ditadura. Seu nome já está marcado na história do Maranhão.




Abaixo matéria do G1/SN


O ex-governador do Maranhão Jackson Lago (PDT) morreu no final da tarde desta segunda-feira (4) em São Paulo, de acordo com a assessoria do Hospital do Coração (HCor). Aos 76 anos, ele deixou mulher e três filhos. Nascido em Pedreiras (MA), era médico de formação.
O hospital informou que deve divulgar um boletim médico com detalhes sobre a morte na noite desta segunda.
Wagner Lago, irmão do ex-governador, afirmou que ele estava havia três meses em São Paulo, em tratamento contra um câncer na próstata. "Ele teve uma metástase [disseminação da doença]  e vinha segurando isso. A coisa começou a complicar nos últimos dois, três meses, quando ele foi para o hospital", afirmou.
De acordo com a assessoria do PDT, ele foi internado pela última vez em 30 de março, "em estado febril, com falta de ar e cansaço devido ao tratamento quimioterápico a que estava se submetendo devido a um câncer de próstata em estado avançado".


Cassação


Acusado de abuso de poder político e econômico na eleição de 2006 - o que sempre negou -, Lago teve o mandato cassado pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE) em março de 2009.
No lugar dele, assumiu Roseana Sarney (PMDB), segunda colocada em 2006. Mesmo após a posse de Roseana, Lago chegou a resistir a deixar o governo e passou noites no palácio. Ao sair, se disse "violentado".
No ano passado, Lago tentou voltar ao governo estadual, mas foi derrotado na eleição. A rival Roseana Sarney (PMDB) se reelegeu governadora, e ele ficou em terceiro lugar - Flavio Dino (PC do B) foi o segundo.
Além de governador (2007-2009), Lago foi prefeito de São Luís por três mandatos (1989-1992; 1997-2000 e 2001-2002, quando saiu para se candidatar a governador). Devido à doença, estava licenciado da vice-presidência do PDT, partido do qual é um dos fundadores.
Lago concorreu ao governo estadual por três vezes. Além de 2006 e 2010, ele disputou também em 2002, quando perdeu para José Reinaldo Tavares (PSB), que obteve 51,05% dos votos válidos.

Fonte: G1/SN

Um comentário:

  1. Governador Jackson Lago era um Maria vai com as outras igualzinho o prefeito Vanderlúcio.

    ResponderExcluir